Inflamação de Garganta: Como Reconhecer os Sintomas [2017]

0
1705
www.dordegarganta.blog.brdor-de-garganta-persistente-como-tratar

Quer Saber o Que é Inflamação na Garganta?

Você sabe quais são os sintomas para dores de garganta?

Alguns sintomas são: garganta seca, irritada, dorida ou com comichão.

Muitos Desses Fatores irão Contribuir para uma Infecção na Garganta:

– Algumas doenças, gripe, constipação, que causam até reincidência das dores.
– Dormir com a boca aberta e roncar podem resultar no ressecamento da garganta, causando então uma inflamação.
– Secreção pós-nasal contínua pode resultar em inflamação.
– A dor de garganta remédio caseiro pode ser um sintoma de outras doenças.

Um em cada dez tipos de inflamações que são resultantes de infecção é causada por algumas bactérias chamadas estreptococos, conhecidas também por angina estreptocócica.

O estreptococo beta-hemolítico do grupo A, causa complicações mais graves. Os grupos C e G podem resultar em angina estreptocócica, mesmo que não tenha complicações do grupo A.

Se as amígdalas infectarem-se, resulta em amigdalite. Ao acontecer, elas se inflamam, ficam inchadas e com uma cor uma cor avermelhada incomum.

 

(VÍDEO) Amidalite Tratamento Caseiro Contra Amidalite

 

Alguns Sinais e Sintomas

Pode ocorrer da garganta e o pescoço ficar dolorido. Resultando em dor quando come, ou engole até mesmo a saliva.

Em crianças é mais fácil diagnosticar, porque elas se recusam a comer quando estão com dor de garganta persistente, pois, sentem dores.

Alguns outros sintomas também são comuns, como: febre, tosse, secreção nasal e rouquidão.

Quando a causa é angina estreptocócica os sintomas incluem náuseas, dores no estômago, garganta com pontos amarelas (pus), mais avermelhada e dolorida que o normal.

 

Quando Procurar um Médico

Ter sintomas de inflamação por mais de dois dias, principalmente acompanhada de outros sintomas, como a febre.

Ter um histórico de angina estreptocócica e partilhar o mesmo espaço que alguém que esteja doente da mesma.

Para um diagnóstico específico, será necessária a extração de fluídos da garganta. Mas nem sempre é preciso a retirada de amostras na maioria dos casos de infecção.

Com o resultado da doença sendo angina, será recomendado o uso de antibióticos. Contudo, dependendo se o resultado for outro, é possível que os antibióticos não façam efeito.

 

Cuidados Importantes

Felizmente a maioria das infecções possibilita o tratamento em casa. Um dos sintomas pode ser a dificuldade em engolir alimentos sólidos.

Mas Você Pode Tentar:

– Alimentos de fácil deglutição;
– É necessária a ingestão de muito líquido;
– Remédios caseiros como o mel pasteurizado ajudam bastante;
Gargarejo de dor de garganta com água morna e salgada;
– Evite dormir com a boca aberta. Caso acorde no meio da noite, beba água;
– Secreção pós-nasal também pode causar irritações na garganta;
– Enxague as vias nasais com soro fisiológico.
– Inflamação da Garganta Causada por Vírus
Os antibióticos são ineficazes em relação ao vírus. O necessário nesses casos é apenas descansar bastante.

Para tratar a dor e a febre, utilize apenas remédios recomendados pelo seu médico! Geralmente, a infecção viral desaparece após sete dias.

 

Causada por Angina Estreptocócica

Geralmente, ela se cura sozinha, de dois a sete dias. O benefício do tratamento com antibióticos apenas reduz o risco de transmissão da infecção para outras pessoas.

Para pessoas com a infecção de angina estreptocócica do grupo A, o medico irá receitar antibióticos.

Assim que receitados os remédios, o tratamento deve ser feito até o final! A normalização do quadro ocorre após quatro dias.

O Que Não é Aconselhável

– Usar remédios que atomizam a garganta, e de venda livre;
– Dar pastilhas para crianças;
– Se automedicar sem consultar alguém da área da saúde;
– Tomar medicamentos sem prescrição médica pode camuflar o aparecimento de outras infecções graves;
– Faça sua higiene corretamente;
– Faça a utilização de álcool em gel nas mãos sempre que possível.

Complicações Possíveis

Algumas complicações podem ocorrer resultadas por sua baixa imunidade.

Quando a inflação tem como sua causa principal o vírus, e com sintomas mais populares, é muito difícil ocorrer complicações.

Infecções que não são diagnosticadas e nem tratadas por um médico podem causar inflamações de outros órgãos do corpo. Por isso, é bom que sempre se investigue.

Dor de Garganta – Causas, Sintomas e Tratamento de Faringite com Remédios Naturais.

O termo dor de garganta e febre é definido como condição dolorosa causada por um processo inflamatório agudo que chamamos de faringite, que se estende extensivamente na mucosa da faringe, a amigdalite, se interessado, afeta principalmente as amígdalas e laringite afeta a laringe.

 

Tipos de Dor de Garganta: Virais e Bacterianas

As vítimas preferenciais de dores de garganta são os filhos, porque eles têm o sistema imunológico mais fraco e o contágio mais fácil, no jardim de infância, escola, playground.

As infecções virais são as mais comuns. Acontecem quando se tem uma grave dor de garganta que é muito aguda e às vezes com dor de cabeça, com tosses, resfriados com corrimento nasal e febre.

As infecções bacterianas apresentam-se como dor na garganta e pescoço que é muito aguda, com febre alta, dor de cabeça, náuseas e dor abdominal.

Mesmo os fumos, o abuso de álcool ou produtos químicos irritantes, podem causar uma dor de garganta.

Com a chegada da temporada de inverno é muito fácil ter dores de garganta.

Não se assuste, pois a sensação de queimação ocorre por dias, mas se for acompanhada de febre alta e os sintomas forem persistentes, você deve pedir um exame médico, porque, em alguns casos, pode haver uma infecção estreptocócica.

 

Contágio/Transmissão

A transmissão da dor de garganta ocorre por meio de tosse ou espirros de uma pessoa infectada ou por contato com mãos contaminadas pelo vírus ou bactérias.

É importante ventilar quando possível, lavar e desinfetar as mãos com frequência. Para uma dor de garganta viral não existem medicamentos específicos.

A melhor maneira de curar rapidamente é seguir uma dieta de alimentos leves, beber bastante água e, se possível, descansar. Se a dor de garganta é causada por bactérias, pode ser uma inflamação de estreptococos.

Neste caso, através de um exame de sangue que faça o diagnóstico da bactéria responsável e com um antibiótico específico curará em cerca de dez dias.

Não pare de tomar o antibiótico, mesmo que os sintomas tenham melhorado. Também neste caso, a transmissão ocorre através da tosse ou espirros.

Se não for bem tratada a infecção bacteriana pode causar consequências como a febre reumática, escarlatina e danos nos rins.

 

Curar Dor de Garganta: Os Remédios Naturais

A dor de garganta comum, associada com o comum frio, pode ser curada com remédios que muitas vezes chamamos de remédios caseiros ou remédios naturais.

Estes combatem os sintomas de dor de garganta e fortalecem as defesas naturais mediante o fortalecimento do sistema imunológico.

Há chás feitos com ervas individuais ou misturas de ervas como o tomilho, manjericão, malva, marshmallow.

Você pode fazer bochechos e gargarejos usando verbena, urtiga, rosa mosqueta, gotas de eucalipto. Se os sintomas continuarem, evite laticínios como a manteiga e sorvete, alimentos muito açucarados e bebidas frias.

Se a dor de garganta e ouvido durar mais de três dias, você deve consultar o seu médico que verificará a sua garganta e ajudará com a adequada terapia.

Se você está em um estado de gravidez, antes de tomar medicamentos ou spray é oportuno chamar um farmacêutico para obter conselhos de produtos adequados que não causem danos ao feto.

 

A Dor de Garganta Crônica

Às vezes a dor de garganta pode ser crônica. A faringite crônica é uma forma inflamatória que pode afetar crianças, adultos e idosos.

E uma inflamação pode estar presente nos gânglios linfáticos, e membrana da faringe.

Ela se manifesta por dor ao longo de todo o trecho da garganta, com queimação ao engolir e halitose.

Com esta doença, é importante consultar o seu médico para reconhecer os sintomas e imediatamente estabelecer um cuidado adequado.

 

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco ou até mesmo alguma crítica sobre esse texto.

 

Tira Duvida DOR DE GARGANTA: Veja estes Artigos:

17 MANEIRAS SIMPLES DE ALIVIAR DOR DE GARGANTA
REMÉDIO CASEIRO DOR DE GARGANTA INFANTIL E BEBÊ
ALHO: PARA CURAR DOR DE GARGANTA RÁPIDO
DOR DE GARGANTA PESCOÇO DOLORIDO COMO TRATAR
DOR DE GARGANTA É TRANSMISSÍVEL? PASSA PELO BEIJO?
DOR DE GARGANTA: CONHEÇA AS PRINCIPAIS CAUSAS
INFLAMAÇÃO DE GARGANTA: RECONHECER OS SINTOMAS

LEAVE A REPLY

quatro × 2 =